Gorbachev presta homenagem a Solzhenitsin

O ex-presidente soviético Mikhail Gorbachev prestou homenagem nesta segunda-feira ao escritor Alexander Solzhenitsin, que morreu no domingo, a quem definiu como um homem com um destino único que foi um dos primeiros a denunciar em voz alta o caráter desumano do regime estalinista.

AFP |

Solzhenitsin, que narrou as atrocidades nos campos de concentração soviéticos (gulags), morreu na noite de domingo aos 89 anos em sua casa de Troitse Lykovo, em Moscou.

"Foi uma pessoa com um destino único cujo nome ficará na história da Rússia", disse Gorbachev.

"Alexander Solzhenitsin passou por momentos difíceis como milhões de cidadãos do país", declarou o pai da perestroika à agência russa Interfax.

"Foi um dos primeiros a denunciar o caráter desumano do regime estalinista e um dos que o viveram, mas que não foram quebrados por ele", acrescentou o ex-líder soviético.

vl/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG