O Google voltou a funcionar na China após um conflito com as autoridades que condenavam o site por não combater suficientemente a pornografia, indicou nesta segunda-feira Kai-fu Lee, presidente demissionário do Google China.

"O governo reconheceu a atitude positiva do Google e seu bom trabalho para eliminar o conteúdo pornográfico e, assim, autorizou o Google a restabelecer todos os seus serviços", declarou o ex-responsável regional.

Ele indicou que sua demissão não tem nada a ver com este caso em particular e que adiou sua saída em dois meses para resolver esta crise, que agora está "encerrada".

O principal site de buscas em inglês Google ficou fora do ar nos últimos meses na China, porque as autoridades chinesas o acusaram de não ter instalado os filtros contra a pornografia exigidos pela lei nacional.

Leia mais sobre Google na China

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.