Gol terá de pagar indenização de R$ 137 mil a viúvo de vítima do voo 1907

SÃO PAULO - O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou a empresa aérea Gol a pagar indenização de R$ 137 mil para o coronel Marcos Antonio Marinho Silva, viúvo da médica Ana Maria Caminha Maciel Silva, uma das 154 vítimas do acidente do voo 1907. O acidente ocorreu em 29 de setembro de 2006, no Norte de Mato Grosso.

Agência Estado |

A empresa aérea também foi condenada a pagar pensão mensal de cerca de R$ 7,3 mil para a família do viúvo. Embora a decisão tenha sido tomada pela 24ª Vara Cível no dia 6 de março, só foi publicada nesta quarta-feira pelo tribunal.

O valor da indenização corresponde ao seguro obrigatório, com correção monetária pela tabela prática do TJ/SP, a contar de setembro de 2008. A assessoria de imprensa da Gol informou que a empresa não irá comentar a decisão, mas adiantou que o departamento jurídico da empresa irá recorrer.

Leia mais sobre: acidente aéreo

    Leia tudo sobre: acidente aereoacidente aéreo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG