A companhia aérea Gol divulgou nota hoje alegando que está trabalhando incansavelmente para a regularização dos seus índices de eficiência operacional. Conforme a nota, a companhia está tomando todas as medidas cabíveis, já acordadas com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e cumprirá os prazos estabelecidos pelo órgão regulador.

A Anac divulgou hoje dados que apontaram que o grupo Gol (formado também pela Varig) registrou os maiores índices de atraso em dezembro (32,5%), seguido pela Webjet (26,4%).

Conforme a Anac, as empresas TAM e OceanAir apresentaram os mais baixos índices do mês, computando, respectivamente, 13,2% e 13,6%. O levantamento foi baseado em dados da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), com o referencial de atrasos de mais de 30 minutos.

De acordo com a Gol, o cronograma de unificação dos sistemas de check in com a Varig está sendo seguido e a operação estará concluída no dia 18 de janeiro. A Gol divulgou ainda que está adotando uma série de ações para otimizar o fluxo de atendimento aos passageiros nos procedimentos de check-in, bem como medidas que reduzirão o tempo de suas aeronaves em solo.

"A empresa reitera seu compromisso com a qualidade de atendimento ao cliente, ressaltando que os atrasos verificados em seus voos foram concentrados no período entre os feriados de Natal e o Ano Novo, com tendência de normalização plena nos próximos dias", informa a empresa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.