A companhia aérea Gol informou hoje, em nota, que os problemas ocorridos no último final de semana e que geraram filas e atrasos em vários aeroportos brasileiros já estão solucionados e que suas operações devem ser regularizadas ainda hoje. A empresa não fez, no entanto, nenhuma menção aos comentários do ministro da Defesa, Nelson Jobim, de que os problemas tenham ocorrido por conta de uma redução de pessoal realizada pela empresa.

A companhia acrescentou que como medida de contingência adicional decidiu dobrar para quatro as aeronaves reservas nos aeroportos internacionais de Guarulhos, em São Paulo, e Galeão, no Rio de Janeiro, para o caso de mudanças na programação dos vôos.

"Além disso, em preparação para o período de festas do final do ano, a Gol ampliou a sua força de trabalho em diversas áreas, como aeroportos, coordenação de vôos, planejamento de malha, tripulações comerciais e técnicas, além de sua Central de Relacionamento com o Cliente (CRC)", afirmou a empresa, em nota. A companhia divulgou ainda que em caso de alterações de vôos, seus funcionários foram orientados a fornecer todas as informações necessárias ao clientes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.