Glaucius Oliva vence segundo turno de eleição na USP

O engenheiro Glaucius Oliva foi o mais votado ontem nas tumultuadas eleições para reitor da Universidade de São Paulo (USP). Ele saiu vencedor, apesar de não ter conseguido a maioria dos votos do colégio eleitoral de 325 pessoas.

Agência Estado |

A lista tríplice que será entregue ao governador José Serra (PSDB) terá ainda o diretor da Faculdade de Direito, João Grandino Rodas, que ficou em segundo lugar, e o pró-reitor Armando Corbani.

O segundo turno foi realizado no Memorial da América Latina sob forte esquema de segurança da Polícia Militar (PM). A eleição deveria ter ocorrido na terça-feira, na reitoria, mas foi impedida por protestos de alunos e funcionários. Foi a primeira vez na história da USP que isso aconteceu.

Os manifestantes voltaram a se reunir na frente do Memorial, mas o local já amanheceu cercado de policiais. A estratégia de levar a eleição para um local externo pretendia justamente dar liberdade de ação à PM. Neste ano, a presença da polícia no câmpus, que entrou em conflito com estudantes, foi muito criticada.

O governador vai escolher o novo reitor da USP neste mês. Tradicionalmente, o primeiro da lista é nomeado. No entanto, como o candidato preferido de Serra, Grandino Rodas, ficou em segundo lugar, especula-se que isso possa não ocorrer. "Seria chato ganhar no primeiro e no segundo turno e não levar, mas o governador pode escolher quem quiser", disse Oliva. O mandato da reitora Suely Vilela termina no dia 25. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG