Gisele é destaque no 1º dia da São Paulo Fashion Week

Como era de se esperar, Gisele Bündchen roubou a cena ontem no primeiro dia da São Paulo Fashion Week, que nesta temporada apresenta 38 desfiles com propostas para outono-inverno 2009. A top abriu ontem à noite o desfile da Colcci, inspirado em colecionadores, com um look branco de calça e minijaqueta.

Agência Estado |

O corpo apareceu esguio como sempre. Mudaram só os cabelos, mais curtos e bem lisos. O ator Rodrigo Hilbert, outro destaque da grife, veio depois, seguido por Ana Claudia Michels - todos de branco. De novo, apareceram jaquetinhas curtas, moletons usados com silhueta de alfaiataria e maxitricôs.

A marca voltou a apostar nas cinturas imensas, em uma proposta que valoriza o corpo de Gisele. Tanto que, quando voltou à passarela, a modelo vestia um look preto, justo, com body e corselete marcando os contornos. A Colcci se arriscou ainda em vestidos curtinhos mais estruturados e volumes. E fechou a noite com o que conhece melhor: roupas agarradas ao corpo, como as peças com as quais Bündchen encerrou a apresentação.

Abertura - Antes de Gisele roubar a cena, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, foi o responsável pela abertura do primeiro dia de desfiles da SPFW. Ao contrário do que ocorre em todas as edições, desta vez a abertura oficial do evento não foi realizada com um dia de antecedência, em um desfile que costumava apresentar os vencedores de concursos de estilismo entre alunos de moda. O pontapé inicial foi dado por Paulo Borges antes da apresentação da FH, de Fause Haten, começar.

Este ano, a SPFW presta uma homenagem ao centenário de Carmen Miranda e adota os 'brasileirismos' como tema da estação. Borges enalteceu o tema, como um sinal de otimismo, clima que também esteve no discurso de Kassab. O prefeito afirmou estar orgulhoso por São Paulo abrigar um evento deste porte. “A moda vende o País, traz autoestima, além de gerar emprego e renda”, avaliou o prefeito da capital.

Na passarela, o desfile de Fause Haten contou com toque musical. Para mostrar a coleção da FH, que teve a paixão como tema, o estilista “encomendou” trilha sonora especial, feita ao vivo pela Orquestra Sinfônica Heliópolis. Oskar Metsavaht, da Osklen, manteve o objetivo de sofisticar o simples, utilizando o moletom como matéria-prima. Mario Queiroz sugeriu um inverno pesado para o masculino, em que bermudas são de lã grossa. Cori veio mais sóbria e Colcci apostou no preto e branco. As informações são do Jornal da Tarde.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG