BRASÍLIA - Em decisão expedida na tarde desta quarta-feira, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, pediu mais informações à Justiça de São Paulo para julgar o pedido de liberdade ao empresário Daniel Dantas. No entanto, em sua decisão, Mendes atende ao pedido da defesa do empresário para ter acesso ao processo investigatório conduzido pela Polícia Federal.

Daniel Dantas está preso desde esta terça-feira na sede da Superintendência da Polícia Federal em São Paulo. Dantas, o megainvestidor Naji Nahas e o ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta, foram presos na operação Satiagraha

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.