Gilmar Mendes defende criação de órgão de controle externo da Polícia Federal

BRASÍLIA - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, defendeu nesta quarta-feira a criação de um controle externo da Polícia Federal. ¿Estive conversando com presidentes dos tribunais sobre a possibilidade de criação de uma corregedoria judicial de polícia para evitar os abusos de poder que vêm ocorrendo ultimamente nesse órgão¿.

Agência Brasil |

Os abusos de poder a que se referiu Gilmar Mendes dizem respeito às acusações de que o delegado federal Protógenes Queiroz teria usada a quebra do sigilo telefônico durante a Operação Satiagraha, que investigou crimes financeiros supostamente cometidos pelo banqueiro Daniel Dantas, para grampear integrantes do Executivo, Legislativo e Judiciário.

Uma das supostas vítimas do delegado teria sido o próprio Gilmar Mendes. "Em parte, fiquei surpreso ao saber das denúncias, embora já suspeitasse de que estava havendo abuso nessa área", afirmou o presidente do STF.

As declarações foram feitas por Gilmar Mendes durante visita ao Presídio Feminino de Talavera Bruce, no Rio de Janeiro, onde está ocorrendo um mutirão carcerário para agilizar processos penais de 482 detentas.

Leia mais sobre: Operação Satiagraha

    Leia tudo sobre: gilmar mendes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG