Gilmar Mendes considera reação de juízes normal

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, disse que considera absolutamente normal a reação de juízes e procuradores após sua decisão que livrou da prisão pela segunda vez o sócio-fundador do Grupo Opportunity, Daniel Dantas, alvo da operação Satiagraha, da Polícia Federal (PF).

Agência Estado |

Um manifesto assinado por juízes federais havia criticado o envio ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), pelo presidente do STF, de cópia da decisão do juiz Fausto Martin De Sanctis, da 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo, que decretara as prisões preventivas de Dantas e de outros acusados. O ato foi interpretado por colegas de Sanctis como uma intimidação e criticado, também, por procuradores.

O presidente do STF participou neste sábado da banca examinadora da tese de doutorado "Do direito ao silêncio à garantia de vedação de auto-incriminação - o STF e a consolidação das garantias processuais penais", do advogado Thiago Bottino do Amaral, na PUC-RJ.

    Leia tudo sobre: dantas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG