Gilmar: Executivo é obrigado a entregar Battisti

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, concluiu nesta tarde o seu voto no julgamento de extradição do italiano Cesare Battisti e disse que o Poder Executivo é obrigado a entregar o italiano ao governo da Itália. Segundo ele, o STF não é um órgão de consulta e, quando um tribunal decide favoravelmente a uma extradição, ela deve ser executada.

Agência Estado |

"Não há espaço para escolha quanto a sua observância. Até porque o STF não é órgão de consulta", disse.

O ministro Eros Grau está apresentando seu voto neste início de noite. Ele é contra a extradição de Cesare Battisti.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG