Gilberto Kassab baixa decreto para reavaliar contratos

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), baixou decreto que prevê que todos os contratos e licitações em andamento para compras e prestação de serviços terão de ser reavaliados neste início de ano. A medida - publicada ontem no Diário Oficial - vai atingir todas as secretarias, órgãos da administração direta, autarquias e fundações.

Agência Estado |

É uma das formas encontradas pela Prefeitura para se adequar ao congelamento de R$ 5,5 bilhões do Orçamento, anunciado por Kassab. A Prefeitura justificou a decisão afirmando novamente que a crise internacional já teve reflexos na economia brasileira. Além disso, é explicado no decreto que os índices de inflação mostram queda nos preços dos produtos, entre eles alguns presentes nas licitações e contratos.

“Esse processo já é feito normalmente um ou dois meses antes do fim de cada contrato. O que fizemos foi, por causa desse momento de crise, antecipar e concentrar tudo nos primeiros meses do ano para depois planejar melhor os investimentos”, diz o chefe de gabinete da Secretaria de Finanças, Celso Tadeu de Azevedo Silveira. As reavaliações devem ser concluídas até 20 de março. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG