Gerente é ferido em assalto a banco em cidade da Bahia

Funcionário foi feito refém durante ação de dez homens

AE |

selo

Um assalto na agência do Banco do Brasil (BB) do município de Presidente Tancredo Neves, na Bahia, terminou com o gerente do estabelecimento baleado na manhã desta terça-feira. Ferido no pé, o homem, que havia sido feito refém pelos criminosos e não teve a identidade revelada pela polícia, não corre risco de morrer.

Dez assaltantes, em três veículos, participaram do crime. O roubo durou cerca de meia hora, a partir da abertura da agência, às 10 horas. O gerente e um funcionário do banco foram levados como reféns e liberados na saída do município. Um dos carros usados pelos criminosos foi incendiado no principal acesso ao centro da cidade, para bloquear o trânsito. A polícia tenta localizar a quadrilha. A quantia roubada não foi revelada pelo BB.

A ação de hoje foi a terceira do gênero esta semana na Bahia - as agências do BB de Formosa do Rio Preto e Macarani foram assaltadas ontem, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública. Em todas, agências de municípios pequenos, com pouco efetivo policial e rotas de fuga fáceis, foram atacadas por grupos de oito a 12 homens, divididos em três carros - pelo menos um de modelo picape. Também em comum nos assaltos, o disparo de tiros, para intimidar possíveis reações, e a fuga com reféns, que são liberados depois que as quadrilhas deixam as cidades. O gerente do BB foi o primeiro ferido nas ações criminosas do gênero este ano.

    Leia tudo sobre: assaltorefémbanco do brasilbahia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG