George Michael elogia aprovação do casamento homossexual na Califórnia

WASHINGTON ¿ O cantor britânico George Michael, que iniciou na terça-feira passada uma turnê pelos Estados Unidos após 17 anos sem pisar no país, elogiou a decisão do Supremo da Califórnia de levantar a proibição aos casamentos gays.

EFE |

Segundo a revista "People", o cantor, de 44 anos, considerou uma conquista "fantástica" a decisão da Corte Suprema da Califórnia, que, na terça-feira, declarou inconstitucionais as leis que proibiam o casamento entre pessoas do mesmo sexo nesse estado.

"É algo que tinha que acontecer... pelo menos na Inglaterra ocorreu sem problema, mas eu acho que foi porque não nos preocupa tanto a palavra casamento", disse o cantor, que admitiu sua homossexualidade nos anos 90.

Segundo Michael, nos Estados Unidos "há muita gente que quer que as uniões façam parte de sua religião, por isso (o casamento) é muito mais importante" no país.

O cantor começou sua turnê "25 Live" na terça-feira passada em San Diego, após 17 anos sem pisar nos palcos americanos.

No dia seguinte, entrou em vigor a decisão da Corte Suprema da Califórnia, que se transformou no segundo estado, após Massachusetts, a permitir o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

    Leia tudo sobre: george michael

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG