George Clooney quer adaptar para o cinema a história do julgamento do ex-motorista de Osama bin Laden, condenado recentemente por um tribunal militar de exceção em Guantánamo, revelou nesta quarta-feira a revista Variety.

O ator e diretor americano adquiriu através de sua produtora os direitos de adaptar para o cinema um livro contando como os defensores de Salim Hamdan, um iemenita na faixa dos 40 anos, lutaram para tentar obter um processo equitativo para seu cliente.

Tratou-se do primeiro julgamento por "crimes de guerra" ante uma jurisdição militar de exceção desde o fim da Segunda Guerra Mundial.

O filme poderia contar com o próprio George Clooney, de 47 anos, como protagonista interpretando o advogado de Hamdan, Charles Swift.

ab/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.