Genro nega interesse do governo em terceiro mandato

O ministro da Justiça, Tarso Genro, descartou hoje a ideia de que o governo buscará uma alternativa para dar a possibilidade de um terceiro mandato ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ao deixar evento que discute a defesa da concorrência, realizado no Banco Central, o ministro enfatizou que fazer essa mudança política neste momento para permitir mais um mandato a Lula iria desestabilizar as sólidas instituições brasileiras.

Agência Estado |

"Sempre que há um suposto incidente político, essa ideia de terceiro mandato volta, mas a recomendação que o presidente Lula nos deu é que não tem essa possibilidade", afirmou. "Eu tomo a ideia de um terceiro mandato como uma homenagem a um bom governo e não como um tema que tenha alguma eficácia política para o futuro." Genro ainda evitou expor sua opinião sobre se a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, deveria ou não tirar uma licença para tratamento médico de um tumor linfático, já retirado. "Isso tem a ver com avaliação médica, mas ela está muito bem e continua sendo nossa pré-candidata", afirmou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG