O ministro da Justiça, Tarso Genro, se negou em princípio a opinar a respeito da eleição presidencial de 2010, quando um jornalista solicitou uma avaliação do ministro sobre o esperado apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. Momentos depois, no entanto, elogiou a ministra, mas limitou a declaração a uma única frase: Se você quer saber minha opinião sobre a ministra Dilma: acho um excelente quadro (para assumir a Presidência em 2011), disse.

"Não vou falar sobre sucessão presidencial aqui", disse, rindo, durante o lançamento da Campanha da Fraternidade 2009 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em São Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.