General Felix confirma presença em comissão do Senado

BRASÍLIA - O Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI) confirmou nesta sexta-feira que o ministro-chefe da GSI, general Jorge Félix, irá comparecer à Comissão Mista de Controle de Atividades de Inteligência do Congresso Nacional, na próxima terça-feira. A reunião foi convocada no início da semana, pelo presidente da comissão, senador Heráclito Fortes (DEM-PI).

Carollina Andrade - Último Segundo/Santafé Idéias |

Felix deve prestar esclarecimentos sobre suspeitas de que a Agência Brasileira de Inteligência (Abin), subordinada à GSI, teria feitos grampos contra o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, ministros da República e senadores. Na última terça-feira (dia 2), o general depôs na CPI dos Grampos, da Câmara dos Deputados, devido a uma crise deflagrada com matéria da revista Veja.  

Em nota divulgada nesta tarde, a GSI afirmou ainda que não mais se pronunciará sobre o assunto a menos que ocorram fatos novos. O documento esclarece também que existe um inquérito policial em andamento, instaurado pela Polícia Federal, para apurar supostos monitoramentos de comunicações de autoridades públicas. O diretor-geral da PF, Luiz Fernando Corrêa, também deve comparecer à comissão.  

A crise fez com que o diretor geral da Abin, Paulo Lacerda, e o diretor-adjunto, Milton Campana, fossem afastado temporariamente dos cargos. Há uma sindicância interna da Abin para apurar os fatos. Lacerda também deve comparecer à comissão nesta terça.

Leia mais sobre grampos

    Leia tudo sobre: grampos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG