Geisy presta depoimento na Delegacia da Mulher em São Paulo

SÃO PAULO - A universitária Geisy Arruda, hostilizada por alunos da Universidade Bandeirantes (Uniban) por ir à aula usando um vestido curto, presta depoimento na tarde desta quinta-feira na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o depoimento começou às 13h40 e não tem previsão para acabar.

Agência Estado |

AP
Geisy na chegada a delegacia nesta quinta-feira

No dia 18 de novembro, Paola Cristina Fernandes, uma das colega de Geisy que a ajudou a se proteger no dia da agressão, prestou o primeiro depoimento do caso e colaborou para a aquisição de novas testemunhas.

No mesmo dia, estavam esperados para prestar depoimento um segurança da universidade e o coordenador do curso, mas nenhum dos dois compareceu à delegacia.

Em 22 de outubro, a aluna do curso de Turismo foi xingada de prostituta e ameaçada de estupro por colegas. Ela teve de ser retirada do local pela polícia.

O caso ganhou destaque na imprensa nacional e internacional. Organizações não-governamentais (ONGs), movimentos sociais e sindicais criticaram a posição da universidade. No último dia 18, a colega de sala de Geisy, a estudante Paola Cristina Fernandes, prestou depoimento na DDM.

Leia mais sobre: Geisy

    Leia tudo sobre: geisy

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG