Gaudenzi: obra do terminal 3 do Galeão iniciará em 2014

A Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) quer iniciar a construção do terceiro terminal do Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim (Galeão) a partir de 2014, informou hoje o presidente da empresa, Sergio Gaudenzi. Esse é o prazo de conclusão da reforma dos terminais 1 e 2, cujas obras tiveram início na semana passada, com orçamento de R$ 600 milhões.

Agência Estado |

Gaudenzi estima que no ano que vem serão desembolsados pelo menos metade desses recursos.

O presidente da Infraero disse que as melhorias nos terminais 1 e 2, além da construção do 3, independem da privatização ou da concessão do Galeão, processo que ele critica. Gaudenzi afirmou que já avisou o ministro da Defesa, Nelson Jobim, que irá abrir mão do cargo caso os aeroportos rentáveis sejam privatizados ou administrados pelo setor privado. De um total de 68 aeroportos sob administração da Infraero, Gaudenzi disse que apenas 15 dão lucro.

"Se o caminho adotado for o da privatização, eu não sou a pessoas mais acertada para conduzir esse processo. Deve ser alguém que tenha esse perfil", afirmou Gaudenzi, que tem defendido publicamente a abertura de capital da Infraero. De acordo com ele, algumas empresas estrangeiras especializadas em administração de aeroportos, como a Aéroports de Paris, já demonstraram interesse em investir na Infraero caso a opção seja abrir seu capital.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG