Gately pode ter se afogado no próprio vômito, diz imprensa inglesa

Londres, 12 out (EFE).- O cantor da banda Boyzone, Stephen Gately, 33 anos, pode ter se afogado no próprio vômito após mais de oito horas ininterruptas de festa e álcool, divulgou hoje a imprensa britânica.

EFE |

O corpo do vocalista irlandês foi encontrado no último domingo pelo marido do cantor, Andy Cowles, em um dos apartamentos turísticos da localidade de Port d'Andratx, na ilha espanhola de Mallorca, onde ele passava férias.

A causa da morte por afogamento aparece em pelo menos três jornais sensacionalistas: "The Sun", "Daily Mail" e "Daily Express". Nesta segunda-feira os periódicos divulgaram que Gately morreu de joelhos com a cabeça apoiada em um sofá, após asfixiar-se com o próprio vômito em uma noite de loucura no maior clube gay da ilha.

"Andy tentou acordá-lo, fez respiração boca a boca, ficou 30 minutos tentando reanimá-lo até se dar conta que não havia mais nada a ser feito e resolveu pedir auxílio aos vizinhos", contou um amigo de Andy ao jornal "The Sun".

Conforme o mesmo jornal, a polícia quer ouvir o depoimento do búlgaro Giorgi Duchev, que acompanhou o casal na noite de sábado na ilha mediterrânea.

Segundo o delegado do Governo nas ilhas Baleares, Ramon Socías, a causa da morte do músico será conhecida nesta terça-feira, quando for realizada a necropsia.

A banda Boyzone fez sucesso na década de 90, quando vendeu 20 milhões de discos pelo mundo.

Em junho de 1999, um ano antes da separação do grupo, Gately revelou sua orientação sexual e apresentou o namorado, Andrew Cowles. Em 2006, Cowles e Gately casaram em uma cerimônica em Londres.

Em 2007, o grupo reuniu-se novamente.

Um novo álbum estava previsto para 2010. EFE avh/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG