O ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho anunciou na tarde deste domingo (18) que é pré-candidato do Partido da República à sucessão estadual do Rio. O anúncio foi feito durante o 1º Congresso Estadual do Partido da República, segundo artigo publicado no blog do político." / O ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho anunciou na tarde deste domingo (18) que é pré-candidato do Partido da República à sucessão estadual do Rio. O anúncio foi feito durante o 1º Congresso Estadual do Partido da República, segundo artigo publicado no blog do político." /

Garotinho anuncia que é pré-candidato ao governo do Rio

http://images.ig.com.br/ult_us/selo_eleicoes.jpg align=leftO ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho anunciou na tarde deste domingo (18) que é pré-candidato do Partido da República à sucessão estadual do Rio. O anúncio foi feito durante o 1º Congresso Estadual do Partido da República, segundo artigo publicado no blog do político.

iG São Paulo |

Garotinho acusou o governador Sérgio Cabral (PMDB), que disputa a reeleição, de enriquecimento ilícito, durante o encontro.

"O governador não consegue justificar nem a mansão que comprou em Mangaratiba fazendo lavagem de dinheiro. Me processe que eu quero ver, governador Sérgio Cabral. Entre na Justiça e prove que você comprou a mansão que tem com o dinheiro do seu trabalho. Marque dia e hora, convoque a imprensa e mostra como comprou a mansão e dois apartamentos no metro quadrado mais caro do Rio de Janeiro. Não foi como governador", discursou Garotinho, depois de aprovado o lançamento de sua pré-candidatura.

Em entrevista, Garotinho disse que suas acusações foram apenas a "pré-estreia" do que pretende levantar sobre o atual governador durante a campanha eleitoral.

A assessoria de imprensa de Cabral informou que o governador não vai se manifestar sobre as declarações do adversário.

Leia mais sobre eleições 2010

    Leia tudo sobre: eleições 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG