Garotas desaparecidas em SP são encontradas em SC

Terminou ontem à noite, em um hotel de Curitibanos, interior de Santa Catarina, a aventura das estudantes paulistanas Ana Lívia Destefani Luciano, 16 anos, e Giovanna Maresti Sant’Anna Silva, 15. Elas estavam desaparecidas desde a última quinta-feira à noite, quando Giovanna ligou de seu celular para a avó dizendo que dormiria na casa da amiga.

Agência Estado |

Com a divulgação da história na mídia, o dono do hotel onde as meninas pretendiam se hospedar as reconheceu e chamou a polícia. Elas foram levadas para o Conselho Tutelar da cidade, confirmaram suas identidades e entraram em contato com suas famílias.

“Está tudo bem com elas, ainda bem que foi a hipótese mais inocente. Acharam que ninguém ia se importar ou ir atrás e tentaram fugir para a Argentina”, disse o irmão de Ana Lívia, Gabriel Dib. Por telefone, as adolescentes disseram à família que passaram por diversas cidades, pegando caronas - mas não detalharam o itinerário.

A mãe de Ana Lívia, Maria Valéria Destefani, ficou sabendo da notícia por volta das 20h45, depois de uma ligação de policiais da cidade de Curitibanos. “Só me falaram que elas estão bem e que vão permanecer no Conselho Tutelar até decidirmos como será a volta”, diz.

“Fiquei sabendo que o dono do hotel em Curitibanos reconheceu as duas e ligou para a delegacia. Me contaram também que elas foram roubadas durante a viagem. Só isso. Devemos mandar agora as passagens aéreas, para elas voltarem logo, porque demora muito para a gente ir de carro até lá. Mas, graças a Deus, estão bem”, contou a mãe. As informações são do Jornal da Tarde.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG