Garibaldi lamenta morte de Péres em sessão no Senado

O presidente do Senado, Garibaldi Alves, comunicou a morte, na manhã de hoje, do senador Jefferson Péres (PDT-AM) ao abrir a sessão do Senado Federal. O senador do PDT teve um enfarte por volta das 6h30, em sua casa, em Manaus.

Agência Estado |

O mandato de Péres terminaria em 31 de janeiro de 2011. O primeiro suplente de Péres é o também amazonense Erasmo Lins, e o segundo, Jéferson Praia.

O Senador Jefferson Carpinteiro Péres nasceu em Manaus, em 1932. Foi professor universitário com pós-graduação em Ciência Política e ingressou na vida parlamentar em 1988, quando foi eleito vereador, e reeleito em 1992. Jefferson Péres chegou ao Senado em 1995, onde se destacou por seu trabalho em defesa da agilização da Justiça e da reestruturação da Zona Franca de Manaus. Entre os focos de sua atuação no Congresso também estavam a modernização econômica e a moralização das finanças públicas.

No Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, Péres foi o relator do processo que levou à cassação do ex-senador Luiz Estevão. Ele também foi relator da Lei de Responsabilidade Fiscal e atualmente liderava o partido no Senado. Em 2006, com discurso em defesa da ética, foi candidato a vice-presidente, na chapa de Cristovam Buarque.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG