Garibaldi deve conversar com Mendes sobre grampo

O presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN), disse que vai conversar ainda hoje com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, para tentar uma ação conjunta dos dois Poderes em relação à suposta escuta ilegal contra o ministro do STF e o senador Demóstenes Torres (DEM-GO). Garibaldi já solicitou uma audiência com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas ainda não obteve retorno do seu pedido.

Agência Estado |

Garibaldi conversou hoje por telefone com o ministro Gilmar Mendes antes da reunião ocorrida no Palácio do Planalto entre a cúpula do Judiciário e o presidente Lula, e disse que Mendes estava "indignado". O presidente do Senado pretende ainda consultar o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), que deve chegar a Brasília no final do dia. Essas articulações de Garibaldi serão realizadas ao longo do dia, pois o senador antecipou sua chegada à capital federal para tratar do assunto.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG