Garibaldi critica foco em Dilma e defende conclusão da CPI dos Cartões

BRASÍLIA - O presidente do Senado, senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), reclamou nesta quinta-feira da disposição da oposição de manter o foco na ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, e no suposto dossiê feito por ela contra o PSDB. Garibaldi disse que os oposicionistas ¿só pensam naquilo¿ e fez apelo para uma conclusão ¿honrosa¿ da CPI mista dos Cartões a uma ênfase nos projetos em tramitação na Casa.

Rodrigo Ledo ¿ Último Segundo/Santafé Idéias |

Na opinião do presidente do Senado, após o depoimento dado nesta quarta por Dilma Rousseff na Comissão de Infra-Estrutura da Casa, é hora de encaminhar a CPI dos Cartões para uma conclusão e retomar vigorosamente as votações de projetos.

A ministra respondeu de forma satisfatória todas as questões. Se não houver fato novo, diríamos que a CPI, com esse depoimento e outros, pode marchar para sua conclusão, argumentou Garibaldi Alves Filho. Se a oposição continuar insistindo na necessidade de outros depoimentos da ministra, ressaltou o presidente do Senado, a CPI pode descambar para uma interminável guerra com efeitos ruins para a imagem do Legislativo.

Tem senadores que botam um assunto na cabeça e pronto, só pensam naquilo, criticou, para depois acrescentar que o Senado não pode ficar só atrás de dossiê.

Leia mais sobre: CPI dos Cartões

    Leia tudo sobre: cpi dos cartões

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG