Garcia diz estar confiante na recuperação de Dilma

O assessor especial da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, disse hoje que está confiante na recuperação da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, e deu a entender que, se depender dele, a ministra será o nome do PT para 2010. Não tenho a menor dúvida da recuperação dela.

Agência Estado |

Mas, se vai ser o nome (do PT para as eleições de 2010), isso passa ainda pela convenção do partido. Mas ela terá o meu voto entusiástico. Sou 'dilmista' de primeira hora e acho que ela vai sair muito bem", afirmou.

Marco Aurélio Garcia contou que conversou com seu filho, que é médico, e ouviu a seguinte observação: "Do ponto de vista médico, ela tira isso aí de letra. Do ponto de vista político, ele disse que isso vai reforçar a candidatura dela". Garcia acrescentou que concorda totalmente com esta opinião. A ministra passa atualmente por quimioterapia como parte do tratamento contra as consequências de um linfoma, câncer no sistema linfático, detectado há poucas semanas.

Questionado se a doença não poderia ter efeito contrário e afastar eventuais aliados, Garcia respondeu: "Pelo contrário. Reforça a candidatura", afirmou. "Eu, que já enfrentei situações parecidas, não tenho a mínima dúvida de que nossa ministra Dilma já se saiu bem desta, inclusive a coragem com que enfrentou, a franqueza. Ou seja, isso deve ter impactado muito bem na opinião pública do País", disse o assessor especial, que já teve um enfarte por volta dos 40 anos e quase morreu.

As declarações de Marco Aurélio foram dadas depois do encontro com a senadora colombiana Piedad Cordoba, que veio ao Brasil pedir apoio em novas operações de resgate de presos junto às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Marco Aurélio disse que o governo está aberto a ajudar no que a Colômbia precisar.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG