Fundador do grupo Nós do Morro é achado morto no Rio de Janeiro

O corpo do diretor e fundador do grupo Nós do Morro, José Frederico Canto Pinheiro, foi encontrado na manhã desta quarta-feira numa cabine usada pela Guarda Municipal, no Horto, zona sul do Rio de Janeiro. Fred Pinheiro, como era conhecido, estava desaparecido desde a madrugada de terça-feira, segundo a assessoria do grupo.

Agência Estado |

A polícia informou que nada foi roubado e os documentos e objetos pessoais do diretor foram encontrados ao lado corpo. O velório do fundador do grupo, de 57 anos, ocorrerá nesta quinta-feira à tarde no Cemitério São José Batista, capela sete, no Botafogo, e o enterro está programado para o final da tarde.

O Nós do Morro foi fundado em 1986, com o objetivo de criar acesso à arte e à cultura para as crianças, jovens e adultos da favela do Vidigal. Hoje, o projeto se consolidou e oferece cursos de formação nas áreas de teatro (atores e técnicos) e cinema (roteiristas, diretores e técnicos) para um sem-número de crianças, jovens e adultos moradores, ou não, do local.

Leia mais sobre: Nós do Morro - assassinato

    Leia tudo sobre: assassinato

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG