Funcionários dos Correios em SP encerram paralisação

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) anunciou hoje que o sindicato da categoria na cidade de São Paulo decidiu encerrar a greve. Os funcionários voltarão ao trabalho amanhã.

Agência Estado |

Até o momento, treze sindicatos em todo o País aceitaram a proposta dos Correios de reajuste salarial de 9%, válido por dois anos, mais acréscimo de R$ 100,00 ao salário base, pagos a partir de janeiro.

A expectativa dos Correios é de que o fim da greve no sindicato paulista - que é o maior do Brasil, com 19 mil filiados - possa influenciar outros sindicatos menores a também encerrarem o movimento. Para a greve dos Correios acabar em todo o País, é necessário que 18 dos 35 sindicatos da categoria aceitem a proposta da ECT.

Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Correios (Fentect), os sindicatos de Rondônia e do Pará também votaram hoje pelo fim da greve. Ainda na noite de hoje, fará assembleia o sindicato do Acre.

Os sindicatos que já votaram a favor da proposta da ECT são: Bahia, Bauru (SP), Juiz de Fora (MG), Maranhão, Mato Grosso do Sul, Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Santa Maria (RS), Santos (SP) e São Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG