SÃO PAULO - O Sindicato dos Metroviários de São Paulo realizaram nesta quarta-feira um protesto na Estação República, em São Paulo. Em nota, o sindicato afirma protestar contra as obras da Linha 4, que traz más condições de trabalho nas bilheterias e na estação.

Sindicato dos Metroviários/SP
"[Com as obras da Linha 4] o barulho na estação é infernal, a sujeira é intensa, insetos se alastram e a poeira causa problemas respiratórios nos trabalhadores. A apreensão se agrava com a iminente demolição das colunas da estação", diz o sindicato.

Outro ponto questionado pelos funcionários do Metrô é o calor excessivo dentro das bilheterias blindadas.

Em nota, o sindicato afirma que muitos funcionários chegam a desmaiar, como por exemplo, "como ocorreu recentemente na Estação São Bento".

Sindicato dos Metroviários/SP

Procurado pela reportagem, por meio de assessoria de imprensa, o Metrô de São Paulo infomou que blindou todas as bilheterias das estações das Linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha. Porém, "tais unidades já possuíam um sistema de ventilação, que foi mantido com a blindagem".

Ainda segundo a assessoria, o Metrô afirma que a conclusão da integração da Linha 4-Amarela está prevista para 2010 e que "vem intensificando o serviço de limpeza no local".

Leia mais sobre: manifestações - Metrô

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.