Funcionários da Unicamp encerram greve após 27 dias

Os funcionários da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) voltaram ao trabalho hoje, depois de ficarem 27 dias em greve. Após a retomada das negociações com os reitores das universidades paulistas e a saída da Polícia Militar do campus da Universidade de São Paulo (USP), uma assembleia realizada na terça-feira terminou com a aprovação do retorno dos trabalhadores.

Agência Estado |

O Sindicato dos Trabalhadores da Unicamp ainda tenta negociar mudanças na jornada de trabalho para profissionais da área da saúde e o aumento do valor do auxílio alimentação. A USP ofereceu R$ 400 a seus funcionários. A Unicamp, que paga o benefício de forma escalonada, ofereceu reajuste de R$ 30 para quem recebe o piso de R$ 40 mensais e outros R$ 20 para quem recebe o teto, de R$ 200. Amanhã, a comissão de negociação do auxílio alimentação se reúne com representantes da reitoria da Unicamp às 14h30 para uma nova conversa.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG