Funcionários da saúde fazem greve em Campinas

SÃO PAULO - Os funcionários da Policlínica 2, no centro de Campinas, em São Paulo, continuam em greve para cobrar condições de trabalho melhores. Os funcionários da área da saúde alegam, desde sexta-feira, questões sanitárias.

Agência Estado |

A água que sai das torneiras estaria contaminada pela rede de esgoto.

Para o Secretário de Saúde de Campinas, José Francisco Kerr Saraiva, a paralisação não se justifica, porque, apesar de o prédio ser antigo, ele não oferece risco ao trabalho.

"Este mês, o atendimento foi suspenso na unidade durante dois dias para a realização de trabalhos de reparo na parte hidráulica", disse. De acordo com o secretario, a unidade atende cerca de 600 pessoas por dia, a maioria idosos.

Leia mais sobre: Saúde

    Leia tudo sobre: hospitaissaúde

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG