Categoria reivindica reajuste salarial e melhores condições de trabalho

selo

Trabalhadores da companhia aérea Gol marcaram uma paralisação de 24 horas para o próximo dia 13 de agosto. Eles reivindicam melhores salários, plano de saúde, fim do excesso de jornada e assédio moral.

A presidente do Sindicato Nacional dos Aeroviários (SNA), Selma Balbino, disse que a iniciativa dos funcionários, além de ser resultado dos problemas internos da Gol, também está relacionada à lenta fiscalização do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e da Agência Nacional em Aviação Civil (ANAC).

Movimentação de passageiros da empresa aérea Gol no Aeroporto Santos Dumont
Agência Estado
Movimentação de passageiros da empresa aérea Gol no Aeroporto Santos Dumont

"Não podemos esquecer que as multas aplicadas pelo MTE e ANAC são tão baixas, que acabam se tornando um incentivo ao desrespeito à legislação trabalhista e à regulamentação profissional", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.