Os funcionários da Fundação Casa (antiga Febem), em São Paulo, anunciaram hoje que entrarão em greve daqui 30 dias para reivindicar reajuste salarial. Segundo o vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Entidades de Assistência e Educação à Criança ao Adolescente e à Família do Estado de São Paulo (Sitraemfa), Julio Alves, a categoria tenta negociar com o governo há seis meses.

Ele afirmou que somente na última quinta-feira (dia 8), o governo paulista apresentou uma proposta de 4,22% de aumento, valor inferior ao reajuste real de 16,32% pedido pelos trabalhadores. A pauta de reivindicação da classe tem outros 84 itens.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.