Funcionários da EBC entram em greve

Funcionários concursados da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), a antiga Radiobrás, entraram em greve na tarde de ontem por reajuste salarial. O Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal estima que 200 dos 1.

Agência Estado |

200 empregados da empresa participam da paralisação, incluindo pessoal do programa de rádio Voz do Brasil, da Agência Brasil e de telejornais. Houve piquete na portaria da sede da empresa, em Brasília. A coordenação do movimento esperava a adesão dos funcionários de São Paulo e do Rio.

Os grevistas reclamam que, durante o processo de criação da TV Pública, em 2007 e neste ano, a direção da empresa discriminou setores da antiga Radiobrás, garantindo a apenas uma parte melhores condições salariais e de trabalho.

O movimento recrudesceu ontem à tarde, segundo funcionários, quando a direção da EBC divulgou internamente comunicado alertando os grevistas de possíveis sanções, como determinam o estatuto da empresa e as leis trabalhistas. A direção afirma que não teve a oportunidade de encaminhar aos sindicatos uma contraproposta definitiva. A EBC argumenta que havia concordado em conceder reajuste mínimo de 7,1% a todos os funcionários e a prorrogação do atual acordo coletivo de trabalho. Os funcionários querem equiparação salarial de jornalista ao piso dos técnicos, que é de R$ 2.500. A EBC aceita pagar R$ 2.100. A direção disse esperar uma reconsideração para que as negociações prossigam nas próximas horas e seja possível concluir o acordo em curso. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG