Um professor foi assassinado por um funcionário público dentro da escola estadual onde trabalhava, em Piracicaba, no interior de São Paulo, na noite de quinta-feira. Em seguida, o autor dos disparos se matou com um tiro na cabeça.

Segundo a polícia, o homem teria invadido a escola e entrado na sala dos professores, onde a vítima estava trabalhando. A vítima foi atingida por três tiros. A polícia do 6º Distrito Policial do município, que investiga o caso, trabalha com a hipótese de crime passional. Os agentes investigam onde o funcionários público comprou a arma.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.