Funcionária pública morre em enxurrada em BH

Familiares reconheceram no Instituto Médico Legal (IML), na capital mineira, o corpo da funcionária pública Maria do Rosário Ferreira, de 42 anos. Maria do Rosário estava com a filha, de 9 anos, quando foi arrastada pelas águas do Rio Arrudas.

Agência Estado |

Elas tentavam atravessar a Avenida Tereza Cristina e foram surpreendidas pela força da correnteza. A garota foi salva por um taxista. O corpo da funcionária pública foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros ontem, na confluência do Ribeirão do Onça com o Rio das Velhas, próximo ao bairro General Carneiro, em Sabará.

Outras três pessoas, entre elas uma criança de 3 anos, morreram afogadas durante o temporal de quarta-feira. Uma outra vítima, do sexo masculino - não-identificada -, permanecia desaparecida. Maria do Rosário é uma das quatro vítimas que morreram por causa do temporal que atingiu a Grande Belo Horizonte na noite do ano-novo. Desde o início do período chuvoso, em setembro, 23 pessoas morreram em Minas Gerais por causa das chuvas que atingem o Estado.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG