Funai critica adiamento de decisão sobre terras indígenas na BA

BRASÍLIA - O presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Márcio Meira, criticou o adiamento da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a ação que pede a nulidade de títulos de propriedade de terras concedidos pelo governo da Bahia a fazendeiros e agricultores no sul do Estado, onde vivem também índios Pataxós Hã Hã Hãe. ¿O adiamento não ajuda porque existe uma situação de conflito. Portanto, o adiamento só adia ainda mais este conflito¿, disse.

Carollina Andrade - Último Segundo/Santafé Idéias |

Acordo Ortográfico

O ministro Carlos Alberto Menezes Direito pediu vistas ao processo que começou a ser julgado nesta quarta-feira. Segundo Meira, a Funai defende que a solução definitiva de demarcação é a melhor saída.

Já o relator do processo, ministro Eros Grau, que votou em favor dos indígenas, rebateu a crítica de Meira. Para ele, o conflito só será resolvido quando a Corte analisar com prudência e sem pressa a questão.

Leia mais sobre: terras indígenas - Raposa Serra do Sol

    Leia tudo sobre: raposa serra do sol

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG