Funai apóia uso de Guarda Nacional Ambiental na proteção da Amazônia

O presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Márcio Meira, afirmou nesta quarta-feira que o futuro ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, poderá contar com o apoio da Funai no uso de uma Guarda Nacional Ambiental, nos moldes da Força Nacional de Segurança, para ajudar na proteção da Amazônia. A sugestão foi dada por Minc, atual secretário de Estado do Ambiente do Rio de Janeiro, ao presidente Lula, na última segunda-feira.

Carollina Andrade - Último Segundo/Santafé Idéias |


Eu li no jornal que o ministro Minc teve a idéia de criar uma Força Nacional Ambiental e eu vou procurá-lo depois de sua posse pra dizer que o ministério do Meio Ambiente pode contar com o apoio da Funai para esta questão, disse Meira. Ele acrescentou ainda a possibilidade de usar a Guarda para a proteção das terras indígenas que, segundo ele, são pedaços fundamentais da Amazônia.

A idéia inicial proposta por Minc ao presidente era a de que as Forças Armadas atuassem nesta causa. Mas, durante a reunião, Lula sugeriu o uso de uma Guarda Ambiental que, segundo ele, teria um efeito mais imediato por não exigir mudança na Constituição.

Leia mais sobre: Amazônia

    Leia tudo sobre: amazonia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG