A fumaça provocada pelas queimadas de campos nos arredores de Buenos Aires, na Argentina, chegou à cidade de Santana do Livramento (RS), na fronteira com o Uruguai. Meteorologistas uruguaios de Rivera, cidade defronte a Livramento, explicaram que os ventos que sopraram ontem na direção nordeste, desde a Argentina, contribuíram para o avanço da fumaça.

Em Livramento, apesar da meteorologia ter anunciado sol, havia uma névoa seca deixando o tempo nublado e um forte cheiro de grama queimada no ar. O município fica a cerca de 500 quilômetros de Buenos Aires. O fogo começou há 20 dias no delta do Rio Paraná e está atrapalhado até mesmo o tráfego nas rodovias argentinas e uruguaias.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.