Frio pode chegar a 5 graus negativos no sul do País nesta madrugada

SÃO PAULO - A chegada de uma massa de ar frio polar derrubou as temperaturas nos Estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. De acordo com o metereologista do 8º distrito do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Flávio Varone, a previsão é de mais frio para esta madrugada de quarta-feira, a massa de ar polar estará bem mais posicionada, fazendo com que a temperatura caia entre 4 e 5ºC negativos em todo o Estado do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Até o momento, a temperatura mais baixa do ano já registrada na região foi de 4,2ºC negativos.

Redação com Agência Estado |

Nesta madrugada de terça-feia os termômetros de Urubici, em Santa Catarina, marcaram 3,7ºC negativos.

Nesta semana a região possui uma massa de ar frio e seco de origem polar, que estará bem mais posicionado a partir desta quarta (11), fazendo com que a temperatura caia entre 4 e 5ºC negativos em todo o Estado do Rio Grande do Sul e Santa Catarina".

De acordo com o Instituto Tecnológico Simepar - Tecnologia e Informações Ambientais em General Carneiro, a cerca de 270 quilômetros de Curitiba, no sul do Estado do Paraná, os termômetros registraram nesta terça 0,7ºC negativo. Ao lado, em Palmas, a temperatura mínima ficou em 0,3ºC negativo.

Para esta quarta, a previsão é que a massa de ar frio se estenda para todo o Estado paranaense, com as temperaturas caindo ainda mais. Em Palmas, a temperatura pode ficar entre 2 e 5ºC.

"A formação de geadas generalizadas também é prevista para todo o Estado do Rio Grande de Sul, Santa Catarina e região sul e oeste do Paraná, devido a velocidade do vento e a permanência do céu aberto", conclui Varone. 

Santa Catarina

Em Urubici (SC), os termômetros registraram a mais baixa do País, com 3ºC negativos. Na mesma cidade, a passagem de um ciclone extratropical associada à frente fria provocou os ventos mais fortes do País, com velocidade de 134 quilômetros por hora.

Segundo o Inmet, em boa parte de Santa Catarina, no mesmo horário, as rajadas variaram entre 50 e 80 quilômetros por hora, resultando numa sensação térmica ainda mais baixa.

Em Urupema (SC), a umidade excessiva do ar, combinada com temperaturas baixas e chuviscos, cobriu de gelo algumas partes do município. Já em São José dos Ausentes (RS), foram registrados ventos de 103,7 km/h. Em Porto Alegre, as rajadas atingiram 57,2 km/h e, no restante do Estado, os ventos variaram entre 60 e 90 km/h.

    Leia tudo sobre: climafrio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG