Frio mata 2,9 mil cabeças de gado no sul do MS

Ao menos 15 municípios registraram mortes por causa da hipotermia

AE |

A Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) do Mato Grosso do Sul confirmou hoje a morte de 2,9 mil cabeças de gado em decorrência das baixas temperaturas que atingiram o sul do Estado nos últimos dias.

Segundo a Iagro, o prejuízo dos produtores rurais chega a R$ 3 milhões. Ao menos 15 municípios registraram mortes por causa da hipotermia, quando a temperatura do corpo do gado fica abaixo do normal. Somente no município de Carapó foram registradas 700 mortes. Em Ponta Porã, morreram 523 gados, e foram registradas 300 mortes no município de Antonio João.

Bezerros e vacas magras foram as maiores vítimas do frio. A desnutrição dos animais também é apontada como possível causa da morte do rebanho. Ainda segundo a Iagro, ao todo, o Estado tem mais de 21 milhões de cabeças de gado. Técnicos da agência estão percorrendo as fazendas para orientar os criadores sobre os cuidados com o rebanho.

    Leia tudo sobre: frio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG