Tamanho do texto

Diante da prisão de dois sargentos do Exército que assumiram, de forma inédita no País, que mantêm um relacionamento gay, uma frente parlamentar do Congresso quer acelerar a votação de uma proposta que descriminaliza a prática da homossexualidade entre os militares.

Pronto para votação em plenário há três anos, o projeto de lei (PL 2773/00) que exclui do Código Penal Militar (CPM) o crime de pederastia aguarda decisão dos líderes partidários para ser submetido aos deputados.

Leia tudo no Congresso em Foco

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.