Frente fria causa ressaca na Baixada Santista-SP

A frente fria que passou por São Paulo veio acompanhada de um ciclone extratropical, que, mesmo tendo se dissipado sobre o mar da Argentina, causou ressaca ao litoral do Estado. Em São Vicente, na Baixada Santista, o mar aproximou-se do calçadão da praia, causando transtornos para motoristas e pedestres e mobilizando agentes de trânsito.

Agência Estado |

Na Ponta da Praia, em Santos, a alta da maré inundou três faixas de rolamento da avenida da praia e a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) foi obrigada a bloquear trechos das Avenidas Samuel Augusto Leão de Moura, Bartolomeu de Gusmão e Saldanha da Gama.

De acordo com a Defesa Civil da cidade, a ressaca é comum nessa época do ano. No Guarujá, o mar também ficou agitado, mas não invadiu o passeio. A queda de temperatura foi causada por uma massa de ar polar que avançou a partir do sul do País sobre São Paulo. Na capital paulista, os termômetros oscilavam em torno de 10º C por volta das 9 horas, 2º C abaixo da média de junho, que é de 12,4º C, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG