Franca-SP confirma primeira morte por gripe suína

A sapateira Daniela Souza Félix, de 22 anos, foi a primeira vítima fatal da Influenza A H1N1 em Franca, na região de Ribeirão Preto. Grávida de oito meses, chegou a passar por cesariana no dia 23, dando à luz um menino.

Agência Estado |

Daniela morreu na noite de quarta-feira no Hospital Regional. Ela foi internada no dia 22 de agosto com os sintomas da gripe suína e Daniela ficou internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) até sua morte. O bebê passa bem e deve receber alta em breve. A confirmação da doença foi do Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo.

No mundo, mais de 2.800 pessoas já morreram após contraírem o vírus da gripe suína, segundo informou hoje a Organização Mundial de Saúde (OMS). "Há agora pelo menos 2.837 mortes atribuídas à pandemia H1N1", disse um porta-voz da OMS. O número representa um aumento de 652 óbitos em comparação ao balanço anterior, de 2.185 vítimas, divulgado há uma semana.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG