França vai voltar a procurar caixa-preta de avião que caiu no mar

Brasília - A Agência Francesa de Investigação Aérea (BEA, na sigla em francês) vai retomar em fevereiro as buscas pela caixa-preta do avião da Air France que caiu na madrugada do dia 1º de junho deste ano no Oceano Atlântico, matando 228 pessoas. O voo 447 saiu do Rio de Janeiro com destino a Paris.

Agência Brasil |

O anúncio foi feito pelo diretor da Agência Francesa de Investigação Aérea, Jean-Paul Troadec, depois de encontro com parentes das vítimas do acidente, no sábado, no Rio de Janeiro.

De acordo com informações da agência de notícias BBC Brasil, a operação deve durar mais de três meses. O custo das buscas pode chegar a R$ 50 milhões.

A causa da queda do avião ainda é desconhecida. A caixa-preta guarda registro de voz dos pilotos e dados do voo - é considerada peça-chave nas investigações. Porém, acredita-se que o equipamento esteja a cerca de 4 mil metros de profundidade. Durante as buscas, foram encontrados apenas 51 corpos e alguns destroços.

A agência francesa informou ainda que um novo relatório sobre o acidente será publicado.

Leia mais sobre: acidente

    Leia tudo sobre: air franceavião

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG