LONDRES ¿ Um quadro de Francis Bacon, Man in Blue VI não conseguiu ser vendido, nesta quarta-feira, em Londres, durante leilões de arte dos períodos do pós-guerra e contemporâneo da casa Christies.

O único artista que conseguiu impor um recorde mundial foi o espanhol Manolo Millares (1926-1972) com o "Cuadro 42", pintado em 1948, vendido por 450.000 dólares (348.000 euros) a um comprador anônimo que fez o lance por telefone.

O pintor anglo-irlandês (1909-1992) havia pintado "Man in blue VI" ¿ que faz parte da série "Man in Blue" ¿, em 1954, quando mantinha turbulenta relação com o piloto Peter Lacy e havia se refugiado num hotel da periferia de Londres para fugir da "tortura" causada por essa paixão.

O lance mínimo da tela de Bacon era de 4 milhões de libras (4,7 milhões de euros, 5,7 milhões de dólares), muito distante das cifras exorbitantes pedidas ¿ e pagas ¿ há alguns meses por obras desse artista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.