Fotógrafo da TV Globo é morto a tiros de fuzil no Rio de Janeiro

Apenas o celular da vítima teria sido levado pelos criminosos

AE |

O fotógrafo da área de comunicação da TV Globo, Márcio Alexandre de Sousa, foi assassinado, na tarde de ontem, com cerca de dez tiros de fuzil no bairro de São Cristóvão, na zona norte do Rio de Janeiro.

O corpo do fotógrafo de 36 anos foi encontrado próximo da casa onde morava com a família, em um dos acessos do morro do Tuiuti, na esquina das ruas General Padilha e Américo de Souza. 

Equipes da Divisão de Homicídios estiveram no local investigando o caso. Como não foram encontrados cartuchos de munição no local, policiais acreditam que os tiros tenham sido disparados de uma longa distância ou mesmo de dentro de um carro. Apenas o celular da vítima teria sido levado pelos criminosos.

Fotógrafo da TV Globo há cerca de cinco anos, Sousa costumava viajar pela emissora para realizar trabalhos de divulgação para o departamento artístico. A última viagem foi a Itália, acompanhando o elenco da novela "Passione".

    Leia tudo sobre: globofotógraforio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG