NOVA YORK (Reuters) - Uma empresa de investimentos de Nova York processou nesta segunda-feira Annie Leibovitz e disse que a famosa fotógrafa lhe deve mais de 800 mil dólares em taxas, como parte de sua tentativa de garantir um novo acordo financeiro para quitar suas dívidas. A Brunswick Capital Partners LP disse em uma ação movida na Corte Suprema de Nova York que Leibovitz contratou a empresa no ano passado para encontrar investidores que a ajudariam a quitar suas dívidas, após a artista enfrentar dificuldades financeiras.

A renomada fotógrafa já retratou famosas personalidades como John Lennon e Michelle Obama.

Segundo o processo, um acordo foi atingido no mês passado, mas Brunswick não recebeu o pagamento de uma cota prevista, nem o valor correspondente a seus serviços e gastos.

A fotógrafa de 60 anos enfrentou dificuldades financeiras no ano passado quando a Art Capital Group ameaçou tomar controle de toda sua coleção de fotografias e duas propriedades por violar os termos de um empréstimo de 24 milhões de dólares.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.