Fornecedora nega irregularidade em refeições na TAM

A Gate Gourmet, empresa que fornece refeições para a TAM Linhas Aéreas, informou hoje, em nota, que as refeições servidas no voo JJ 8079 (Nova York-Rio) não estavam vencidas, conforme queixa de alguns passageiros. Segundo a empresa, houve uma falha na retirada de rótulos expirados.

Agência Estado |

"Nossa apuração sobre o ocorrido no voo da TAM mostrou que alguns rótulos expirados não foram retirados das embalagens durante o processo de lavagem e higienização. A Gate Gourmet adotou medidas imediatas para assegurar que todas as etiquetas antigas sejam retiradas, de acordo com as determinações da companhia aérea", informou o texto. A empresa lamentou "qualquer confusão ou inconveniente" causado aos passageiros e reiterou que "a qualidade da comida servida a bordo não foi comprometida".

Os passageiros do voo JJ 8079, do dia 16 de janeiro, receberam refeições em embalagens cujas etiquetas informavam que o prazo de validade havia vencido nos dias 11 e 15. O jantar foi suspenso e algumas pessoas alimentaram-se apenas com pão e sobremesa. Passageiros também relataram que as frutas estavam azedas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG